Okinawa declara emergência por aumento explosivo de Covid-19
Por Redação com informações de Asahi Shinbum

Internet Residencial

O governador de Okinawa, Denny Tamaki, declarou estado de emergência em 31 de julho pela segunda vez depois de constatar que as infecções por COVID-19 na província mais ao sul estão se espalhando “em um ritmo explosivo”.

Tamaki pediu aos moradores da ilha principal de Okinawa que se abstenham de atividades não essenciais até 15 de agosto. Ele também pediu aos moradores de ilhas remotas que adotem a mesma estratégia sempre que possível.

As autoridades da prefeitura confirmaram em 31 de julho 65 novos casos de infecção por vírus, quebrando a contagem diária anterior pelo quinto dia consecutivo. Os infectados variaram de idade, desde a adolescência até a de 80 anos.

Tamaki emitiu anteriormente um estado de emergência em 20 de abril.

“O vírus está se espalhando em um ritmo explosivo”, alertou Tamaki. “Nossos leitos hospitalares têm uma taxa de ocupação de 104,2%. Temos que impedir que o sistema de saúde entre em colapso de todas as formas possíveis. ”

Tamaki também pediu que restaurantes em Naha, a capital da província, fechem às 22h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *