Pandemia já deixou 40 mil desempregados no Japão
Por NHK

O Ministério do Trabalho do Japão divulgou que mais de 40.000 pessoas em todo o país perderam seus empregos devido ao surto de coronavírus. De acordo com o órgão, 40.032 pessoas ficaram desempregadas entre o final de janeiro e 29 de julho, depois que foram demitidas ou não tiveram seus contratos renovados.

Pelo menos 15.000 deles são trabalhadores não regulares, incluindo funcionários temporários e meio período.

O número de pessoas que perderam o emprego devido ao surto de vírus chegou a 10.000 por três meses seguidos, de maio a julho.

As perdas de empregos são especialmente graves nos setores de acomodações e restaurantes, e também estão aumentando no setor de manufatura.

Na última terça-feira, as autoridades disseram que mais de 610.000 empresas apresentaram pedidos de subsídios do governo para manter empregos em meio às adversidades econômicas causadas pela pandemia. Quase 500.000 deles foram aprovados.

O ministério diz que continuará pedindo às empresas que façam uso do programa de subsídios para manter seus trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *