sáb. dez 4th, 2021
ONU diz que gases causadores de efeito estufa atingiram níveis recordes em 2020

Um levantamento conduzido pela agência das Nações Unidas para o clima mostrou que concentrações globais de gases causadores do efeito estufa atingiram níveis sem precedentes no ano passado.

A Organização Mundial de Meteorologia divulgou um relatório na segunda-feira. O documento analisou dados de agências de meteorologia de países e instituições internacionais referentes a 2020 para identificar concentrações médias globais de dióxido de carbono, metano e óxido nitroso.

O relatório mostrou que todos os três gases atingiram seus níveis mais altos desde que a coleta de dados teve início em 1984. Os níveis de dióxido de carbono, no ano passado, foram de 413,2 ppm (partes por milhão); os de metano, 1889 ppb (partes por bilhão); e os de óxido nitroso, 333,2 ppb.

Mostrou ainda que as concentrações de dióxido de carbono, em 2020, foram 2,5 ppm mais altas do que há um ano. No caso do metano, 11 ppb mais altas; e do óxido nitroso, 1,2 ppb mais altas. O aumento de cada gás foi maior do que a média anual dos últimos dez anos, apesar da queda de 5,6% nas emissões de CO2 provenientes da queima de combustíveis fósseis no ano passado devido às restrições provocadas pela Covid-19.

Funcionários da Agência de Meteorologia do Japão que participaram da análise de dados advertiram que desastres naturais, como secas e fortes chuvas, se tornarão mais frequentes, caso o aquecimento global seja deixado de lado. Eles ressaltaram que é necessário adotar contramedidas de longo prazo visando reduzir gases do efeito estufa.