qui. set 29th, 2022

As principais montadoras japonesas Nissan Motor e Mitsubishi Motors relataram perdas anuais massivas, afetadas pela queda nas vendas em meio à pandemia do coronavírus.

A Nissan Motor registrou um prejuízo líquido de 448,6 bilhões de ienes, ou cerca de 4,1 bilhões de dólares, no ano comercial que terminou em março.

As vendas despencaram em todo o mundo com o impacto da pandemia agravando o desempenho lento da montadora.

A Nissan disse que espera permanecer no vermelho pelo terceiro ano consecutivo. Ele prevê um prejuízo líquido de 60 bilhões de ienes, ou cerca de 550 milhões de dólares para os 12 meses até março de 2022.

O presidente da Nissan Motor, Uchida Makoto, disse: “Estamos enfrentando riscos de negócios, como a escassez no fornecimento de semicondutores e um aumento nos custos das matérias-primas”

A parceira de aliança da Nissan, a Mitsubishi Motors, registrou um prejuízo líquido do grupo de 312,3 bilhões de ienes, ou cerca de 2,9 bilhões de dólares, devido às vendas lentas em seu principal mercado do Sudeste Asiático.