qua. out 5th, 2022

Nas três prefeituras de Aichi, Gifu e Mie, as infecções por vírus mutantes altamente infecciosos são generalizadas.

Na província de Aichi, desde fevereiro deste ano juntamente com a cidade de Nagoya vêm realizando testes para verificar o status de infecção dos vírus mutantes.

A província de Aichi verifica o número de testes e a porcentagem de pessoas infectadas todas as semanas. O resumo é publicado.

Sendo assim a primeira infecção confirmada pelo vírus mutante na província de Aichi foi na semana de 16 a 22 de março.
Nesta semana, 13,6% das pessoas testadas estavam infectadas com o vírus mutante. Esse percentual aumenta aos poucos a cada semana.

Na primeira quinzena de abril, estará na faixa de 40%, na segunda metade, na faixa de 66%, respondendo por dois terços do total.

E, nos resultados dos testes de 4 a 10 de maio anunciados no dia 11, foi confirmado que 461 das 610 pessoas testadas estavam infectadas com o vírus mutante ou seja 75,6%. A proporção é a mais alta de todos os tempos.

O resultado é que 3 em cada 4 pessoas infectadas com o novo coronavírus foram infectadas com o vírus mutante.

A mesma tendência de aumento da proporção de infectados com o vírus mutante foi verificado em Gifu e Mie.


Olhando para os números divulgados mais recentemente, na Prefeitura de Gifu, a porcentagem de pessoas infectadas pelo vírus mutante em resultado de testes realizados em pessoas cuja confirmação da infecção foi anunciada de 26 do mês passado até o dia 2 deste mês, parece ter atingido 84,0%.

Na prefeitura de Mie, o percentual de vírus mutantes foi de 84,9% no teste de uma semana de 3 a 9 deste mês. Desta forma, verifica-se que o coronavírus que se espalha nas três prefeituras de Tokai está sendo substituído pelo vírus mutante.