ter. jun 22nd, 2021
Aichi registra pela primeira vez em 2 meses número de infectados na casa de um dígito

Situação de infecções por coronavírus teve nova alta em 7 de maio.

Província de Aichi

Foram 443 novas infecções confirmadas na província de Aichi.
O maior número de infectados até agora era o que foi anunciado em 7 de Janeiro, 431 pessoas, sendo o dessa sexta o maior de todos os tempos.

Província de Gifu

Foi anunciado que 130 novas infecções foram confirmadas na Prefeitura de Gifu.O último recorde em Gifu havia sido de 105 pessoas no dia 9 de janeiro
Além disso, foi ocorreu uma morte sendo o número total de 138 pessoas infectadas que morreram.

Província de Mie

54 novos casos foram confirmados na Prefeitura de Mie. A provínica de Mie anunciou que uma mulher na casa dos 80 anos, infectada e hospitalizada em uma instituição médica da prefeitura, morreu no dia 6. Um total de 89 pessoas infectadas morreram em Mie.

Estado de Emergência

O governo de Aichi decidiu adicionar a província à área alvo do estado de emergência a partir de 12 de maio.

O governador Omura, de Aichi, deu entrevista coletiva na noite do dia 7 e anunciou as medidas a serem tomadas na prefeitura durante o período do estado de emergência que será de 12 a 31 de maio.

O governador Omura solicitará que estabelecimentos que fornecem álcool e karaokê deverão ser fechados durante o período de declaração até 31 de maio. Os restaurantes que não fornecem bebidas alcoólicas deverão funcionar somente até as 20h.

De acordo com isso, os cidadãos de Aichi serão solicitados a se absterem de sair, inclusive durante o dia, exceto quando necessário para sua vida diária, e evitar se descolarem desnecessariamente e sem urgência entre as outras províncias, tanto quanto possível.

Também será solicitado que evento seja restrito a 5.000 pessoas ou metade da capacidade do ambiente, e que termine às 21h.

Instalações de atração de grande escala com uma área total de mais de 1.000 metros quadrados, como cinemas, lojas de departamentos e museus, são solicitadas a encurtar seu horário comercial para até as 20h.

Teletrabalho será incentivado a atingir 70% dos funcionários, e o status de implementação será anunciado para promover os esforços.