sex. jan 27th, 2023

O Ministério da Saúde do Japão afirma que um terceiro caso de reação alérgica grave, anafilaxia, após uma vacinação contra o coronavírus, foi relatado no país.

O ministério diz que uma trabalhadora de saúde na casa dos 30 anos começou a tossir cerca de cinco minutos após ser vacinada no domingo. Outros sintomas incluíram dificuldade para respirar e desconforto na garganta.

Ela recebeu a vacina desenvolvida pela farmacêutica norte-americana Pfizer e a parceira alemã BioNTech.

A mulher se recuperou após ser tratada com medicamentos e foi hospitalizada para acompanhamento.

A mulher já teve uma reação anafilática no passado com alérgenos alimentares e animais.

Sua instituição médica informou que seus sintomas estavam relacionados à vacinação.

Mais de 46.000 profissionais de saúde no país foram vacinados até as 17h de sexta-feira.

O professor Morio Tomohiro da Universidade de Medicina e Odontologia de Tóquio, que também chefia o painel de especialistas do ministério da saúde, diz ter a impressão de que o Japão tem uma frequência maior de relatos de anafilaxia em comparação com os Estados Unidos e países europeus.

Mas ele observou que é importante analisar os antecedentes das pessoas que sofreram uma reação alérgica grave. Ele acrescentou que o painel examinará e avaliará os casos até o momento.