qua. dez 7th, 2022

O tráfego de transporte pelo Canal de Suez do Egito foi retomado depois que trabalhadores conseguiram libertar um enorme navio de contêineres que o estava bloqueando.

Osama Rabie, presidente da Autoridade do Canal de Suez, disse a repórteres que a hidrovia foi reaberta às 18h de segunda-feira, horário local.

O navio ficou preso na principal via navegável na última terça-feira. É propriedade da Shoei Kisen, com sede na prefeitura de Ehime, no oeste do Japão, e é operada por uma empresa taiwanesa.

Canal de Suez: navio pode ser liberado no início da semana; saiba o que  falta | Economia | iG

A autoridade liderou esforços para reflotear o navio. Após dias de dragagem e reboque, o navio foi finalmente libertado pouco depois das 15h.

Rabie disse que o bloqueio deixou centenas de navios encalhados dentro ou ao redor do canal enquanto aguardavam para passar. O presidente prometeu esforços ininterruptos para resolver o impacto na logística o mais rápido possível.

Opinião: Bloqueio do Canal de Suez expõe fragilidade da globalização |  Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 29.03.2021
Muitos navios ficaram 6 dias aguardando a desobstrução do Canal

O bloqueio de 6 dias fez com que um “congestionamento” de pelo menos 367 embarcações se formasse. Todas elas esperavam que o Ever Given liberasse o caminho para seguir viagem.

O Canal de Suez é uma das rotas de navegação mais importantes do mundo. Cerca de 12% do comércio global passam pelo canal, que conecta o Mar Mediterrâneo ao Mar Vermelho. É a ligação marítima mais curta entre a Ásia e a Europa. Empresas de transporte marítimo chegaram a estudar nova rota, contornando todo o continente africano, para entregar mercadorias enviadas da Ásia para países europeus. Essa alteração atrasaria entregas em cerca de duas semanas.

O prejuízo calculado para cada dia de navegação suspensa é de mais de US$ 9 bilhões em mercadorias que deixam de passar pela hidrovia, de acordo com estimativa do Lloyd’s List, publicação especializada em comércio marítimo.