seg. nov 28th, 2022

Uma organização sem fins lucrativos que ajuda residentes estrangeiros na província de Mie, região central do Japão, realizou uma palestra para que crianças estrangeiras aprendam a se proteger contra o coronavírus.

Cerca de 30 alunos do ensino fundamental, a maioria de nacionalidade brasileira ou peruana, participaram da palestra que ocorreu na cidade de Yokkaichi, na segunda-feira. As crianças aprenderam medidas básicas anti-infecção, tais como uso adequado de máscaras, desinfecção das mãos e dos dedos, e também a evitar lugares lotados e contato próximo com outras pessoas. Tudo foi realizado com a ajuda de intérpretes de português.

Os estudantes também aprenderam sobre a necessidade de evitar conversas em voz muito alta, inclusive entre amigos, e a manter o distanciamento social.

Um aluno brasileiro da quarta série afirmou que foi útil aprender quais sintomas aparecem quando nos infectamos com o vírus. Ele prometeu manter em mente a importância do distanciamento social, mesmo quando estiver em casa.

A organização Aidensha trabalha para ajudar a criar uma sociedade multicultural e inclusiva. Sakamoto Kumiko, a palestrante do evento, afirma que decidiu organizar o seminário após ter ouvido reclamações de residentes estrangeiros de que detinham poucas informações sobre o vírus. Ela prometeu continuar a oferecer apoio aos estrangeiros que vivem no Japão.