sex. jan 27th, 2023

O Comitê Olímpico Internacional diz que considera “o assunto encerrado” depois que o chefe do comitê organizador de Tóquio se desculpou por sua gafe sobre as mulheres.

Mori Yoshiro disse durante uma reunião extraordinária de conselheiros do Comitê Olímpico Japonês na quarta-feira que as reuniões do conselho com as mulheres demoram muito porque elas falam demais.

O ex-primeiro-ministro se retratou de suas declarações na quinta-feira, dizendo que eram inadequadas e iam contra o espírito das Olimpíadas e Paraolimpíadas.

Ele apareceu em um noticiário noturno no final do dia e disse que não tinha intenção de desrespeitar as mulheres.

O COI disse em um comunicado que considera “o assunto encerrado” após o pedido de desculpas de Mori. Ele também diz que aprecia o fato de que os Jogos de Tóquio terão uma taxa de participação feminina de 48,8%, com quase o mesmo percentual de atletas masculinos e femininos.

Alguns membros do comitê organizador de Tóquio dizem que se concentrarão nos preparativos para os Jogos.

Outros dizem que os comentários de Mori nunca deveriam ter sido feitos, e algumas autoridades estão decepcionadas.

Alguns membros também expressaram preocupação com o fato de que a raiva das pessoas por Mori pode ser direcionada aos Jogos de Tóquio.