sáb. jun 25th, 2022

Autoridades japonesas dizem que o governo pode ter que estender seu estado de emergência, se nenhuma melhora significativa for observada nas infecções por coronavírus em Tóquio e em outros lugares.

Um estado de emergência está em vigor para 11 prefeituras, incluindo Tóquio, até 7 de fevereiro.

A contagem diária de novos casos confirmados na capital tem caído gradualmente desde que o estado de emergência foi divulgado em 7 de janeiro. Mas especialistas dizem que o declínio é lento e a proporção de idosos está aumentando.

Os hospitais estão sob pressão e teme-se que o número de casos graves possa aumentar ainda mais entre os pacientes idosos.

O ministro responsável pela resposta do país ao coronavírus, Nishimura Yasutoshi, disse na Dieta desta terça-feira que o governo tomaria uma decisão em um determinado momento sobre o que fazer com o estado de emergência.

Ele disse que causaria confusão se a escolha fosse feita imediatamente antes da data de expiração planejada.

O governo planeja estudar se deve estender a declaração enquanto monitora de perto infecções em todo o país, bem como tensões nos sistemas médicos.