sáb. fev 4th, 2023

A rainha britânica Elizabeth e o príncipe Philip comemoraram seu 73º aniversário de casamento nesta sexta-feira, uma ocasião que não puderam compartilhar com a família durante o atual lockdown imposto por causa do coronavírus na Inglaterra.

Elizabeth, de 94 anos, e Philip, de 99, casaram-se na Abadia de Westminster, em Londres, no dia 20 de novembro de 1947, só dois anos após o fim da Segunda Guerra Mundial.

“Obrigado a todos por seus votos gentis no 73º aniversário de casamento da rainha e do duque de Edimburgo”, disse o Palácio de Buckingham no Twitter.

O casamento da futura rainha, foi um momento brilhante para muitos britânicos após os anos de austeridade e escuridão durante a Segunda Guerra Mundial.

Multidões se reuniram em torno da Trafalgar Square, em Londres, para ver Elizabeth e seu pai, o rei George VI, chegarem a cerimônia real.

O arrojado Philip Mountbatten, que tinha 26 anos na época do casamento, serviu na Segunda Guerra Mundial e possuía uma atitude levemente rebelde – pelo menos segundo os padrões reais. Elizabeth, então com 21 anos, logo se apaixonou por ele.

Elizabeth e Philip eram primos distantes por parte de sua bisavó, a rainha Victoria. Philip era originalmente um príncipe da Grécia e da Dinamarca, mas ele abandonou esses títulos para se casar com a herdeira do trono britânico.

A futura rainha usava um vestido decorado com cristais e 10.000 pérolas, idealizado por Sir Norman Hartnell.

Para marcar o aniversário de 73 anos de casamento, o palácio divulgou um foto da monarca e do marido sorridentes olhando um cartão feito pelos bisnetos príncipe George, princesa Charlotte e príncipe Louis, assim como outros cartões e cartas de bons votos.

Rainha Elizabeth e príncipe Philip comemoram 73 anos de casamento | GZH

A foto foi tirada no Castelo de Windsor, residência da rainha no oeste de Londres que o casal está ocupando durante o lockdown.

Como lembrete dos primeiros dias do casamento, Elizabeth estava usando um broche de crisântemo feito de safiras e diamantes que usou em fotos tiradas em Broadlands, no sul inglês, durante a primeira parte da lua de mel.

Embora cronistas da realeza digam que Elizabeth e Philip tiveram seus altos e baixos, eles evitaram os dissabores de três de quatro dos filhos, cujos casamentos terminaram em divórcios – com destaque para a união malfadada do príncipe Charles com a falecida princesa Diana, sua primeira esposa.