seg. nov 28th, 2022

A tempestade levou fortes ventos e chuvas torrenciais para as regiões de Kyushu e de Chugoku, além de ter gerado pancadas de chuva também em diversas partes do país. Autoridades alertam para riscos de deslizamentos de terra, transbordamento de rios e inundações em áreas de baixada.

Pelo menos 46 pessoas ficaram feridas em Kyushu. Autoridades na província de Miyazaki afirmam que 4 pessoas estão desaparecidas após um deslizamento de terra ter varrido diversos edifícios em direção a um rio próximo.

Algumas plantações sofreram estragos. Na província de Nagasaki estufas foram danificadas pelos fortes ventos.

O tufão deixou mais de 300 mil domicílios sem eletricidade, a maioria deles em Kyushu. A companhia responsável afirma que o trabalho para restaurar energia elétrica será iniciado assim que possível.

Cerca de 870 mil pessoas em seis províncias receberam ordens para procurar abrigo em local seguro, ou recomendações para fazê-lo, segundo dados de até as 14h30 desta segunda-feira.

A tempestade também comprometeu serviços de transporte. Cerca de 580 voos domésticos foram cancelados na segunda-feira, incluindo principalmente os com destino e partida das regiões de Shikoku, Chugoku, bem como Kyushu.

Todos os trens-bala Shinkansen em Kyushu também foram cancelados, assim como todas as linhas entre Hakata e Hiroshima, do Sanyo Shinkansen.

NHK