sex. out 23rd, 2020


O símbolo tridimensional “Fuguchochin” de “Zuboraya”, um antigo restaurante de peixe baiacu em Shinsekai (Osaka), foi removido no dia 3 de agosto.

O motivo foi porque a cidade de Osaka solicitou a remoção devido a largura que se projeta do prédio para a rua, excede ao padrão.

 Os trabalhadores usaram caminhões de guindaste para remover “a lanterna” (comprimento total de 5 metros, altura de 3,5 metros, largura de 3 metros) suspensas no terceiro andar da loja e carregaram-nas em um caminhão para um depósito na cidade de Osaka.  

 Na entrada da loja, também havia um banner que dizia: “Obrigado por todo esse tempo. Espero que todos vocês fiquem bem. Então “sainara” (modo expressivo de sayonara na região).

Um homem que estava por perto comentou dizendo que  “Era um símbolo do “shin-sekai” (nome da região), por isso é triste que desapareça”.

Zuboraya foi inaugurado em 1920.  Por influência do novo coronavírus, foi temporariamente fechado desde abril e foi decidido seu fechamento sem ao menos voltarem a atender.

As lanternas chinesas ou “choutchin” são uma atração turística popular em Osaka, e seu paradeiro após o fechamento chamou a atenção.  Algumas pessoas pediram pela preservação da lanterna na região local, assim como a intenção de levar para o “Spa World”, um local de lazer próximo.