sex. jan 27th, 2023

O calor sufocante continuou no oeste do Japão e outras regiões. Nesta segunda-feira a temperatura máxima chegou aos 37 graus Celsius em algumas áreas do país. as.

Funcionários da agência meteorológica atribuem o clima quente a um sistema de alta pressão que cobre a ilha principal de Honshu. O termômetro disparou desde a manhã no oeste do Japão e na região de Tokai.

A temperatura mais alta registrada às 11h30 foi de 35,1 graus na cidade de Bungo-Ono na província de Oita, seguida por 34,8 graus em Nagoya e 34,7 graus na cidade de Takahashi na província de Okayama.

A cidade de Fukuoka marcou 34,2 graus e a cidade de Osaka 33,6 graus.

Esperava-se que as temperaturas aumentassem ainda mais, chegando a 37 graus nas cidades de Nagoya e Kumamoto, 36 graus em Osaka, Gifu, Yamaguchi e Fukuoka e 35 graus em Kofu e Takamatsu.

Em Tóquio, o número de mortos por insolação em agosto agora é de 170.

As autoridades da Capital disseram que mais 22 pessoas morreram de insolação em nove dias, até sábado. Conforme a informação, 11 deles estavam na casa dos 70 anos, seis na casa dos 80 e três na casa dos 90. Todos, exceto um, morreram dentro de casa, e 20 deles não usavam ar-condicionado.