sex. jan 27th, 2023

Um subcomitê de especialistas aprovou, basicamente, o plano do governo japonês de oferecer vacinas contra o coronavírus primeiramente para profissionais de saúde, idosos e pessoas com problemas de saúde pré-existentes.

Participaram da reunião do subcomitê na sexta-feira o ministro encarregado das medidas contra o coronavírus, Nishimura Yasutoshi, e o ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social, Kato Katsunobu.

Profissionais de saúde foram escolhidos entre os prioritários porque enfrentam um maior risco de infecção. Os idosos e pessoas com problemas de saúde, por sua vez, podem ter seu quadro agravado mais facilmente quando infectados.

Os especialistas concordaram também em continuar analisando se irão dar prioridade a membros de equipes de emergência, funcionários dos centros de saúde pública, cuidadores de idosos e gestantes.