qua. dez 7th, 2022

Aproximadamente 400 alunos e professores de 15 escolas primárias e secundárias próximas a Tokyo, tiveram intoxicação alimentar devido a merenda escolar, disseram autoridades locais na última quinta-feira (2).

Os alunos começaram a se queixar de sintomas de intoxicação alimentar, como diarréia e dor abdominal, em 26 de junho, depois de comerem almoços escolares, incluindo frango frito e salada de algas em suas escolas em Yashio, na província de Saitama.

Concluindo que a intoxicação alimentar foi causada pelos almoços escolares fornecidos pelo entregador de almoço Tobu Kyushoku Center, o governo da prefeitura ordenou que a empresa suspendesse o uso de suas cozinhas por três dias.

À medida que o número de estudantes que sofrem de intoxicação alimentar aumentou, 377 estudantes estavam ausentes das escolas na segunda-feira, embora nenhum deles estivesse em estado grave.

A bactéria E. coli foi detectada nas fezes de alguns pacientes por um centro de saúde local.

Uma comissão local de educação decidiu que os alunos das 15 escolas levassem seus próprios almoços por enquanto, mesmo após o término do período de suspensão dos negócios do entregador de refeições.