qui. dez 1st, 2022

Na última sexta-feira (5), o Japão elevou o alerta de viagem para 18 países, incluindo Argélia e Cuba, para o Nível 3, pedindo para evitar qualquer viagem a essas áreas que recentemente viram um aumento nas infecções por coronavírus.

Os países, principalmente na África e na América Central, devem ser adicionados a uma lista de mais de 100 países sujeitos à proibição de entrada de viajantes estrangeiros, disse o ministro das Relações Exteriores Toshimitsu Motegi em entrevista coletiva.

Os outros países são Camarões, República Centro-Africana, Costa Rica, Eswatini, Geórgia, Granada, Guatemala, Guiana, Haiti, Iraque, Jamaica, Líbano, Mauritânia, Nicarágua, São Vicente e Granadinas e Senegal.

O Nível 3 é o segundo nível mais alto do sistema de alerta de viagens do Ministério das Relações Exteriores, sendo o Nível 4 um pedido de evacuação imediata.

As viagens para dentro e fora do Japão praticamente pararam devido a restrições destinadas a impedir a propagação do COVID-19, com visitantes estrangeiros caindo 99,9% e os japoneses que caíram 99,8% em abril em relação ao ano anterior.

Atualmente, o Japão nega a entrada de viajantes estrangeiros que estiveram em qualquer um dos 111 países e regiões – incluindo Estados Unidos, China e Coréia do Sul, além da maioria das outras partes da Ásia – dentro de duas semanas após sua chegada.