sex. jan 27th, 2023


Aqui no Japão, a forma de se cumprimentar é bem diferente em relação aos países ocidentais, ou mesmo para quem mora no Brasil e está acostumado com aperto de mão ou beijinhos no rosto.

Os japoneses têm uma forma muito especial de se cumprimentar. Com o distanciamento social como prevenção do novo coronavírus, esse deveria ser adotado por todo o mundo. 

No Japão, a forma mais comum de cumprimento é a reverência, em forma de arco, o ojigi (お辞儀). Para quem deseja fazer negócios ou mesmo abrir uma empresa no Japão, a arte de cumprimentar faz parte da formalidade.  É preciso se familiarizar com a linguagem formal – keigo (敬語), onde se aprende a apresentação pessoal (挨拶) dentro da etiqueta de negócios (ビジネスマナー).

O interessante é que alguns historiadores dizem que essa reverência é fruto de um aprendizado ancestral relacionado à importância do distanciamento social para conter a propagação de doenças no Japão antigo. Não é possível determinar com certeza se essa explicação a respeito da etiqueta japonesa é historicamente certa. 

Há registros do ojigi no Japão desde o século 6, e se acredita que sua origem possa estar ligada à gestos de submissão entre as castas e a rituais introduzidos no país com a chegada do budismo. 

Seja como for, a atual pandemia do novo coronavírus está demonstrando na prática que o distanciamento social é a forma mais eficaz para frear a propagação de uma doença que ainda não tem cura. Nesse sentido, o distanciamento entre as pessoas e a ausência do toque físico são atitudes consideradas preventivas.

A arte de se curvar é tão importante no Japão, que as crianças aprendem isso desde cedo na escola, tornando-se um costume natural.  Existem maneiras diferentes de cumprimentos no Japão.

O grau do ângulo em que uma pessoa se curva está relacionado com a profundidade de respeito que a pessoa quer demonstrar em relação a outra pessoa, com a qual está interagindo.

Um arco simples de cerca de 5 graus chamado mokurei (目礼) é comumente usado em encontros informais, como entre amigos e familiares. Esse cumprimento se caracteriza em curvar levemente a cabeça. 

Há outros tipos específicos de curvatura que estão diretamente ligados ao grau do arco: eshaku (会釈), keirei (敬礼) e saikeirei (最敬礼).


Eshaku: É uma maneira casual de cumprimentar ou agradecer uma pessoa do seu círculo de relacionamento, a curvatura da cintura em forma de um arco de cerca de 15 graus.


Keirei: É usado em situações de negócios para cumprimentar seus parceiros de negócios ou os clientes, demonstra respeito a uma pessoas mais velha ou de um status superior ao seu. Nesse caso, a curvatura da cintura em forma de um arco é de cerca de 30 graus.


Saikeirei: É o mais formal e possui um significado profundo de respeito a uma pessoa de status muito elevado, como por exemplo o imperador do Japão. Sendo a curvatura da cintura em forma de um arco de cerca de 45 graus.


É essencial entender a cultura do Japão e sua etiqueta para fazer negócios entre os japoneses, isso demonstrará respeito e até uma certa admiração, justamente por sermos estrangeiros. 

Um forte abraço:

Marcos Morishigue


Vocabulário:

  • お辞儀 (Ojigi): Cumprimento que se faz inclinando a cabeça e o corpo.
  • 敬語 (Keigo): Termo honorífico ou respeitoso, linguagem de tratamento.
  • 挨拶 (Aisatsu): Cumprimento, saudação.
  • ビジネスマナー (Bijinesumanā): Etiqueta de negócios
  • 目礼 (Mokurei): Cumprimento com aceno da cabeça.
  • 会釈 (Eshaku): Saudação, cumprimento, reverência.
  • 敬礼 (Keirei): Continência.
  • 最敬礼 (Saikeirei): Reverência com máximo respeito, profunda deferência.