sex. jan 27th, 2023

Temos que tomar algumas medidas e uma delas é a mais relevante: o isolamento social  para evitar de proliferar o vírus.

Alguns têm a tendência a se desesperar facilmente e o medo toma conta, a ansiedade do que poderá acontecer e a incerteza que de fato estamos seguros.

Muitas perguntas permeiam nossa mente. E a principal dúvida é: Como podemos nos resguardar diante de um caos mundial com esse bombardeio de notícias que nos trazem tanta preocupação?

É um tempo delicado para todos nós, porém não podemos nos desesperar. Quando isso acontece, a primeira coisa que pode acontecer em nosso corpo é a imunidade baixar mediante a uma resposta de desgaste emocional. Porém, algumas orientações são importantes para esse momento, principalmente para que sua saúde mental não seja afetada.

Abaixo seguem algumas dicas importantes:

1- Não acredite em todo tipo de notícia que veicula nas redes sociais. Busque as notícias necessárias e confiáveis para você nesse momento. Evitar isso trará menos preocupação e desespero.

2- No isolamento social, busque ocupar seu tempo livre. Coisas que você não estava podendo fazer como arrumar alguma coisa em casa, fazer a leitura de um livro, exercícios diários, fazer um curso online, buscar atividades de lazer como pintura, assistir uma série que gosta na Netflix, conversar com seus parentes, brincar com seus filhos, entre outras coisas, pode ser feito nesse tempo.

3- Faça a sua parte lavando sempre as mãos, evitando levar suas mãos ao seu rosto e se tiver gripado, resfriado ou com crise alérgica, usar uma máscara (mesmo em casa) para evitar contaminação dos demais.

4- Só saia se for necessário, como ir a uma farmácia ou um supermercado para alguma necessidade ou trabalhar.

5- Mantenha a calma! Se desesperar não vai resolver nada. Procure não pensar muito nas preocupações e viva cada dia de uma vez.

6- Se for necessário, busque ajuda profissional de um psicólogo, através da ferramenta de terapia online.

Se cada um fizer a sua parte estaremos mais fortes. Tenha fé! Isso vai passar.


Patrícia Meneses (Psicóloga / CRP: 17/3589)


Como está sua saúde emocional? Conheça o nosso trabalho: